ISO - 9001 certificado

Veículos autônomos transportam testes de coronavírus nos EUA



Na cidade de Jacksonville, na Flórida (EUA), veículos autônomos estão desempenhando um papel importante na pandemia: eles são utilizados para transportar testes de coronavírus. Sem a presença humana, os automóveis levam o materiais dos locais de coleta até os laboratórios da organização médica sem fim lucrativos Mayo Clinic. A instituição é responsável por fazer a análise clínica das amostras.

A iniciativa nasceu de uma parceria entre as Autoridades de Transporte de Jacksonville (JTA) e duas startups: a Beep, empresa de sistemas de gestão de frotas de carros autônomos, que supervisiona o deslocamento dos carros por meio de um centro de comando; e a Navya, empresa especializada no design e construção de veículos, responsável por disponibilizar quatro unidades de uma minivan autônoma.

Para garantir transporte seguro e rápido, por precaução, a Beep manda um carro guiado por pessoas para acompanhar o trajeto das vans, o objetivo é evitar que pedestres e o tráfego impactem na operação. As vans, que comportam até 15 pessoas em contextos fora da pandemia, ainda são programadas para abrirem as portas automaticamente. Assim, os profissionais clínicos podem despachar ou recolher os materiais sem tocar em superfícies potencialmente contaminadas.

"Trata-se de um teste perfeito para os veículos, pois existe uma rota estabelecida para trânsito, pouco tráfego auxiliar e nossas amostras são transportadas com segurança em um ambiente controlado, eliminando o risco para o motorista", disse Jane Hata, diretora do laboratório de microbiologia Clínica da Mayo Clinic, ao site Car and Driver.

Para Hata, embora a solução tenha surgido em um episódio de urgência e atipicidade, a iniciativa "tem muitas aplicações potenciais no futuro para o transporte rápido e eficiente de amostras para o nosso laboratório, mesmo quando vamos além da situação atual".

Fonte: Olhar Digital - 07/04/2020